Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Amnesia

Amnesia

194:: happy birthday!

Parabéns ao meu primo lindo que faz hoje 18 anos! Sabem aquele orgulho que cresce dentro de vocês quando alguém importante faz anos? Bem, eu sinto-me imensamente orgulhosa por este miúdo, a sério.
Quando éramos pequenos, nada era fácil. Davamo-nos mal, não nos suportávamos, eu odiava-te e tu odiavas-me. Com o passar dos anos, fomos mudando e fomos crescendo e tu, para grande surpresa da minha parte, foste a pessoa que mais me apoiou, em tudo! Desde todos os relacionamentos que não acabaram bem, até amizades que nunca valeram a pena. Depois de tudo, sei que tenho mesmo de te dar ouvidos mais vezes, a ti e à Viviana. Porque sim, nós os três, além de primos, somos inseparáveis. E hoje, como completas 18 anos, temos uma surpresa para ti que tenho a certeza que vais adorar! Já agora, obrigada por tudo primo... tens sido mais do que um irmão para mim. Gosto bastante de ti, e tu sabes disso 

Bem, hoje vamos festejar os anos dele e, como tal, vai ser a noite toda. Depois, dormir a casa da Viviana e amanhã, dia com a família e o Pedro. Vai ser... interessante. See ya girls!
Jessie. x 

PS: apenas um recado do meu primo: "Não preciso que me desejes os parabéns." não sei se a pessoa em questão vai ver isto, mas não queremos qualquer tipo de conversa direta com ela, por isso fica aqui.

192:: memories

Hoje deparei-me a reviver fotografias de quando era pequena, das viagens que fiz, da minha família, de amigos... Fotografias de quando era realmente feliz, de épocas complicadas da minha vida e de outros momentos em que parecia que nada me afetava. Deparei-me com fotografias de quando era uma bola e com as bochechas super coradas e o meu cabelo encaracolado e volumoso. O Pedro ria-se com as figuras que fazia quando era pequena com o meu padrinho. Soube bem isso, mas não soube bem algumas fotografias de amigos que tinha para aqui. Ele olhou-me para ver a minha reação e eu não sabia como reagir. Separei essas fotografias e algumas, foram para o lixo rasgadas e, infelizmente, não são assim tão antigas como eu desejava. Aquelas mais antigas voltei a colocá-las no sítio, guardando-as.
Não sou pessoa de reviver estes momentos, mas quando o faço, é sempre bom eliminar uma parte negativa do passado e essa parte, está encerrada da minha vida. Para Sempre... 

191:: update (8)

Peço tanta desculpa pela desatualização do meu cantinho! A sério, não tenho tido tempo mesmo. A escola anda a dar comigo em doida, principalmente professores. Estou farta de estar sempre a ouvi-los aos berros quando nem fazemos nada. E ainda começam a falar da vida deles e depois somos nós que destabilizamos. Sem comentários para isto.
Admito também que, como tenho estado pouco tempo com ele, o tempo que estou tento aproveitar bem e, por isso é que fico muito tempo longe do computador pois, mal ele se vai embora, liga-me ou manda-me mensagem a dizer que já tem saudades minhas. É excelente ter uma pessoa assim do nosso lado.
Ora, o dia do meu 17º aniversário aproxima-se e eu e as minhas amigas (se bem que acho que elas me andam a tramar alguma, no bom sentido) andamos a planear o que vamos fazer e será... Paint Party. Nesse mesmo dia vai haver uma na Alfândega do Porto e nós vamos aproveitar com um grupo de amigos. Vai ser perfeito!
Tenho a péssima notícia que desci imenso a Filosofia neste teste, mas não é algo que me preocupe neste momento. O meu professor não me pode descer assim tanto no final deste período. A ver vamos.
Vou continuar a ler, vejo-vos amanhã ou depois :)

xoxo,
Jessie 

190:: capítulo 5, página 19.

E não é que o lindo do meu menino comprou um cão? Já tinha um samoeida (estas coisas lindas; e eu adoro aquela cabela) e agora comprou um labrador que é coisa mais querida deste mundo! Quando cheguei a casa dele e vi uma coisa pequena toda embrulhada nos braços dele e a olhar para mim como quem não conhecia, apeteceu-me tirar-lho do colo e nunca mais o largar! É tão fofo, a sério! São as duas raças de cães que eu mais adoro no mundo e são tão adoráveis. Uma vez, adormeci na cama dele e a Lucy (a primeira) veio deitar-se à minha beira porque tinha frio. Quando acordei, estavamos embrulhadas numa manta e com o irmão dele a tirar-nos fotos feito tolo.
Vou tomar banho e equipar-me toda para ver o Porto.

xoxo,
Jessie 

189:: capítulo 5, página 17.

Eu sei que não tenho andado por aqui nem respondi aos comentários, mas andei ocupada.
Hoje tive intermédio de Biologia e até era fácil, estou a espera que os critérios saiam para ter uma ideia de quanto vou ter. 9.5 chega...
É verdade, não vou a Paços porque não há bilhetes, o Paços de Ferreira mandou 200 e tal para o Porto e isso nem para metade da claque dá portanto... Avenida dos Aliados :)
Vou ter com o meu primo, até logo meninas.

xoxo,
Jessie 

188:: you (1)

Após um dia cansativo que nunca mais chegava ao fim, a melhor parte é estar nos teus braços, protegida pelo teu abraço e sem que ninguém se meta no nosso meio. É sempre a melhor parte do meu dia: ao fim da tarde, quando chego a casa e tu apareces e matamos saudades do dia e da noite que passou. Não consigo esperar por sexta e pelo fim-de-semana, quero-te e irei querer sempre.

187:: my big love (1)

Um show de público, não de bola.

Meu Deus, as claques deram um show! Apesar de toda a rivalidade, os adeptos foram os melhores em campo. Jogo fraco de ambas as partes, lento e uma grande sorte para o Porto no fim. Mas claro, não entrem já em festa, há uma deslocação bem difícil a Paços e, claro, eu estou lá para apoiar, como sempre! Admito, eu - e ele - choramos no segundo golo, porque o Porto é o meu grande amor e não escondo isso de ninguém, sejamos campeões ou não. 

xoxo,
Jessie; e até Paços de Ferreira. 

185:: capítulo 5, página 5.

O dia de ontem foi tão bom! Gostei tanto da reação da minha família ao conhecê-lo, foi... Sem palavras, ainda não acredito que o dia de ontem aconteceu até porque, eu não estava à espera da presença do meu primo lá! Não o via à tanto tempo e foi tão bom estar com ele, contar-lhe tudo o que aconteceu. Claro que a reação dele não foi bonita, e vi-lhe nos olhos um sentimento que nunca tinha visto: raiva. Não consegui dizer-lhe nada depois de o ver assim, nem consegui dizer-lhe tudo. A reação dele foi que nunca mais na vida queria ouvir falar de tal pessoa. Como te compreendo.
O Pedro ficou imensamente feliz com tudo o que lhe preparei para ontem. Apesar de me ter gastado a net toda do telemóvel e andado a responder às mensagens pelo meu telemóvel, até que correu tudo bem.
Paris, Paris... Irei visitar-te em breve!

xoxo,
Jessie 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

    Arquivo

    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2015
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2014
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2013
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2012
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D